Diários da ex-adolescência

2-debutante-wilding2

“Good night and good fight!” – 1/3

Como todo mundo sabe, eu estudei num colégio militar, uma instituição de ensino que, além de matemática, química, português e literatura, também te ensina os preceitos básicos do militarismo de Caxias, como a disciplina, a hierarquia e o conceito de que o golpe de 64 foi um movimento totalmente excelente e democrático, apoiado pelo povo contra aquele comunista pilantra do Jango, um safadinho. E os alunos do colégio militar são divididos em dois grupos, os filhos de militares, que são como crianças normais, só que prestando um serviço militar eterno, incluindo meninas, e os alunos civis, que são crianças normais obrigadas pelos pais a vestir uma farda, seja por serem indisciplinadas, hiper-ativas ou apenas chatas o bastante para que seus genitores queiram se livrar delas durante quase 12 horas do dia (sim, as aulas eram em tempo integral).

E entre as imensas vantagens que apenas um colégio militar pode oferecer a um jovem adolescente estão as festas de 15 anos. Sim, as festas de 15 anos. Afinal, nós tínhamos, dentro das opções de uniforme, uma farda de gala, toda branca e complementada por discretas calça e boina vermelhas que, aparentemente causava o delírio das mães, tias e avós de debutantes, que sempre faziam convites ao colégio para que enviasse alunos que pudessem dançar com as debutantes e suas coleguinhas em festas, fazendo papel de príncipe e coisa do tipo.

Como qualquer um pode imaginar, rapidamente se formou a máfia das festas de 15 anos. Afinal era uma chance única de comer e beber de graça,além de sair pra zoar com os amigos e provavelmente ficar com uma garota gatinha, tendo como único custo vestir aquela roupa ridícula num sábado de noite. Eu, graças ao Yuri e aos contatos no time de futebol, passei rapidamente a fazer parte desse seleto grupo de jovens que representava o colégio em eventos sociais e fazias as garotinhas suspirarem. Ou no meu caso, um pouco menos, afinal a garota que eu acompanhei no desfile de Rainha da Primavera em 2002 deve estar até hoje me procurando por causa do pisão que eu dei na cauda do vestido dela, permitindo que ela desfilasse com uma bela marca de pé na região do traseiro. Mas não acho que isso tenha sido decisivo na sétima colocação que ela teve, ainda que ela provavelmente discorde.

E foram várias festas, algum mais e outras menos legais, todas com comida e bebida de graça, ainda que em algumas a comida fosse composta de duas coxinhas e a bebida fosse um copo de guaraná Brahma, mas sempre com uma noite de diversão garantida, sem problemas e algumas vezes até com carona pra casa.

Um dia fomos chamados novamente na sala do comandante da companhia, o que, no nosso caso poderia significar qualquer coisa, desde mudança de técnico no time de futebol até expulsão do colégio, e lá estavam os pais de mais uma debutante. Fomos apresentados aos dois como modelos de virtude adolescente e disciplina militar, um dos nossos colegas, loiro, alto e de olho claro, foi escolhido como príncipe e os outros foram informados sobre as datas dos ensaios da valsa e dos outros momentos da festa. E lá íamos nós.

No próximo capítulo: valsa, missa e isqueiros.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Crônicas

2 Respostas para “Diários da ex-adolescência

  1. Já antecipando:

    1 – Bando de filho da putas! Tive que lutar feito um maluco…

    2 – Sim, me agradeça…

    3 – Meus pais não me obrigaram a entrar no CM! Eu – seja lá o motivo bizarro disso – entrei porque quis…

    4 – Puts, bebi demais nessas festas!

    5 – Thuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuler!!!

  2. Peraí…você entrou lá porque quis?! Você é beem mais maluco do que imaginei que você pudesse ser, cara. Tá aí, meu respeito por você aumentou mais ainda, parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s