Top 5: Clichês irritantes da música atual

  • Rappers em todas as músicas: Uma tendência dos últimos dez anos na música mundial tem sido a inclusão de rappers em praticamente toda e qualquer música, de praticamente todo e qualquer gênero. Os rappers se tornaram para o mundo musical, em um certo nível, o que os advogados são para o mundo real: não dá pra fazer nada funcionar sem eles e quando um deles está com cimento até o pescoço o erro da cena é que falta mais cimento. Um clipe de música pop tem um rapper, um clipe de música romântica tem um rapper, um clipe de rap tem vários rappers e há alguns meses, quando minha mãe me forçou a ir numa missa, um cara começou a “mandar” uns versos no meio de um salmo cantado. E eu estou falando sério. Era o hip-hop gospel. E se ele tivesse sido mais audacioso e dito que ia se juntar com os manos pra derrubar as muralhas de Jerusalém ele teria inventado o gangsta-rap-gospel. Na frente da minha mãe!E das crianças!
  • Cantoras pop santinhas que resolvem subitamente pagar uma de…moças comunicativas e liberadas com opções morais que destoam do considerado correto pela sociedade conservadora: Isso acabou se tornando um tendência meio óbvia nos últimos tempos, quando um artista precisa estar o tempo todo se redefinindo para manter a atenção do público. Britney, Avril, Hillary Duff, Cristina Aguilera, todas começaram muito delicadas, santinhas, corretas e sérias. Até que precisaram se reformular e passaram a lutar semi-nuas na lama, engravidar, se drogar, se auto-intitular como “o anti-cristo”, brigar com a filha do Ozzy e coisas do tipo. Eu sinceramente ainda prefiro o conceito da Madonna, de começar toda…comunicativa…e com o tempo passar a escrever livros infantis, mexer com cabala e atrapalhar a carreira de bons cineastas.
  • Virgens: Eu sinceramente nunca achei que virgindade fosse um assunto relevante em termos musicais, não como trunfo midiático. Os Jonas Brothers são virgens? Cara, aposto que o pessoal da Fat Family também era, e daí? Eles têm, sei lá, 15 anos? 16? 17? Eu nessa idade era virgem também, apenas não gostava que isso fosse divulgado.
  • O cantor de voz fininha na música hip hop: Todo clip tem um rapper. E todo clipe de rapper tem um rapper de foz fininha. E esses “castrati” do hip-hop conseguem ser ainda mais irritantes do que os “bad asses” que cantam o resto da música. Ou seja, fica lá o cara fortão (ou o Akon) dizendo que é mau, que pega todo mundo, que atira em todo mundo, que pega todo mundo enquanto atira em quem não está pegando, e o carinha de voz fina fica no refrão repetindo alguma coisa que não tem lá muito sentido, mas de uma forma mais melodiosa. Exemplo: (rapper malvadão cantando) “I’m gonna kill muthafucka, kill muthafucka, kill” – (entra rapper de voz fina) – “aaaand soooo is the looooooveeeee”.
  • Jota Quest: Sério, eu não gosto de Jota Quest. E o fato de que eles vêm apenas fazendo versões vagamente diferentes das mesmas músicas não ajuda muito…

P.S: Peço desculpas ao Andrey, o único estudante de direito que frenquenta esse blog pelas constantes piadas envolvendo advogados. E peço mais desculpas ainda pelo fato de que…bem…elas não vão parar, cara…É mais forte do que eu, sério…

Anúncios

13 Comentários

Arquivado em Top

13 Respostas para “Top 5: Clichês irritantes da música atual

  1. ThiagoFC

    Concordo com tudo que foi dito em relação aos rappers. Mas pô, até que o Jota Quest é audível… Não é a melhor coisa do universo, mas também não é tão ruim assim… heheh

  2. Nada é pior que Jota Quest… Nada!!!

  3. ThiagoFC

    Ah, tem coisa pior sim! Escuta meia hora de uma faixa musical em qualquer rádio fm, que você vai perceber que tem muuuuuuuuuuuuuuuuuuuita coisa pior!

  4. Pô, João…

    Cê é crítico literário, crítico de cinema, crítico musical, crítico esportivo…

    Quando eu crescer quero ser assim.

    E a propósito, o Jota Quest vai tocar na Festa Country no mesmo dia d’O Rappa só pra variar este ano?

  5. Eu tenho um vizinho que escuta um cover do Jota Quest no último volume nos finais de semana. Sério. E a voz do cara consegue ser tão irritante quanto.

    Jota Quest must die. Sempre torço para que o Flausino resolva fazer uma lipo e vá acompanhar seu amiguinho do LS Jack.

    • Ah! Acabei de descobrir que esses vizinhos são, na verdade, um casal gay. É até bonitinho. Eles andam combinando em roupas de ginástica.

      Não fosse o péssimo gosto musical, eu até faria amizade.

  6. João, não é apenas o Andrey, também sou advogada. Mas ok.

    Jota Quest estará aqui amanhã. Terrível.

    Esses virgens com anel de castidade.. tsc tsc.

  7. Enquanto não me encontra no msn, vai fazendo um twitter para você. Daí me adiciona lá: http://www.twitter.com/elisafranca

  8. Andrey

    Bom, você tocou meu coração ao citar meu nome no final, não agravarei reclamação …. dessa vez! hehe

    Quanto ao erro da cena ser mais cimento em cima, se fossem os meus queridos colegas de turma, tudo bem! E que eles não leiam isso, senão teremos outro bate-boca com o mesmo nível do ocorrido nessa semana entre Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa!

    Quanto ao texto, Jota Quest vende apesar de tudo. Oasis está chegando aí, quem sabe eles não fazem “oficina” pra galera desse Brasil?

    Abraço.

  9. Mateus

    O que eu acho chato na música é que a “atitude” do artista tem ficado à frente da qualidade sonora. Vide o caso da Katy Perry, o fato dela ser uma cantora evangélica revoltada que diz ter beijado mulheres (e gostado – quem não gostaria??) chega antes q o próprio som. E a Amy Winehouse, que deve colecionar mais escândalos na carreira q discos vendidos??
    Tem hora q chega a soar como marketing certas coisas…

  10. Eu também não suporto Jota Quest. Desde o segundo disco. “Fácil” é pra mim a música que toca no inferno durante os intervalos do show do MC Serginho.

  11. Pingback: Tweets that mention https://justwrappedupinbooks.wordpress.com/2009/04/27/top-5-cliches-irritantes-da-musica-atual/ -- Topsy.com

  12. Thalita

    Jota quest , não é tão ruim assim, tem muuuuuuuuuuita coisa pior rs :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s