Quatro inovações tecnológicas que mudaram nossa forma de ver a sociedade

Os anúncios pessoais do Orkut: Acho que nada, nem mesmo a possibilidade de bloquear as fotos, censurar scraps ou mesmo os intrigantes buddy pokes fez mais pela bizarrilização do Orkut do que a oportunidade recentemente oferecida aos usuários de colocar anúncios pessoais no canto direito da tela. Pensando com um técnico inglês da Google é claro que a idéia parece boa: vamos viabilizar para os usuários a possibilidade de divulgação e inserção de anúncios e eventos, tudo isso de forma ágil, prática e sem custos. Pensando como um usuário brasileiro do Orkut fica óbvio que qualquer coisa que for oferecida de forma fácil e sem custos vai resultar em pessoas sem muita coisa para fazer utilizando esse recurso para o mal. Daí para aquela imagem de um pé sujo com a legenda “saca soh q verrugaum!” no alto da sua tela é apenas um pulo.

O serviço de aviso de ligações perdidas via SMS: Poucas coisas são mais úteis para um usuário de telefone celular do que um serviço que o avise, via mensagem, das tentativas de chamada que ele não pôde atender enquanto estava com o telefone desligado ou fora de área. Sensacional, não? Boooa sacada! Mas a TIM achou que era pouco. Afinal, porque se limitar a informar apenas as chamadas perdidas quando o telefone não está disponível? Por que não (e nisso mora o brilhantismo da idéia) fazer isso com todas, hein? E desse conceito brilhante nasceu o fato de que meu telefone passa o dia inteiro ligado e dentro de área, mas sem tocar, até as 02:00 da manhã, quando sou inundado por uma série de mensagens registrando todas as chamadas que eu deveria ter recebido durante o dia se a TIM tivesse deixado. “TIM: telefonia celular para você que quer se desligar do mundo.”

O Gazzag: O Gazzag (atualmente reformulado e rebatizado como Octopop) foi o pioneiro de uma nova experiência na Web 2.0, as redes anti-sociais. Você se lembra de quantos convites para o Gazzag você recebeu? E se lembra de como você ignorou todos ou então fez um perfil e depois nunca mais entrou? Então, essa é a síntese do Gazzag, o fato de que eu não estou lá, você não está lá, seus amigos não estão lá, seus pais não estão lá, seus vizinhos não estão lá, a galera da facu/academia/futiba não está lá. Ou seja, sem quem for que estiver lá tem total e completa privacidade para fazer o que quiser. Pode colocar foto pelado, pode revelar segredos escusos na descrição do perfil, em suma, lá a pessoa pode realmente aproveitar a sensação de, mesmo dentro de uma rede social, se sentir tão solitário quanto o Will Smith em “Eu sou a lenda”, podendo inclusive falar sozinho ou coisas do tipo. “Gazzag: porque eu não gosto de vocês.”

Os status “ocupado”, “invisível” e “ausente” do MSN: Talvez ainda seja muito cedo para esse tipo de análise, mas pra mim é óbvia a relação entre o crescimento econômico do país nos últimos anos e o surgimento do MSN e de sua opção “ocupado”. Afinal, não sei se você concorda comigo, mas nunca nossos amigos e contatos fizeram tantas coisas. Quantas pessoas que você conhece não passam o dia inteiro, senão semanas ou meses ocupados? Sim, eles estão no messenger mas também estão construindo pontes, curando doenças, alimentando crianças na África e tentando achar uma fórmula que defina os números primos. E não tem hora nem lugar, as pessoas estão realmente ocupadas de manhã, de noite, de madrugada, aos sábados, domingos, segundas, o tempo todo. E ainda dizem que o jovem de hoje não tem nada pra fazer…(Já o status “invisível” serve basicamente para evitar pessoas; e o “ausente” serve para pessoas que, assim como eu, tem vergonha de mentir sobre estarem fazendo alguma coisa mas também não querem falar com todo mundo)

(E esse final de semana além do post tradicional aqui no Just Wrapped também temos uma participação minha no “Segunda a Sexta” como autor convidado, com um conto chamado “Horóscopo”. Para ler clique aqui. Ah, e obrigado Tiana pelo convite, pela boa vontade e pela carona aquele dia no vôlei. Valeu)

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Crônicas, Mundo (Su)Real

7 Respostas para “Quatro inovações tecnológicas que mudaram nossa forma de ver a sociedade

  1. Eu quase coloquei um anúncio pessoal no orkut. É difícil resistir à tentação quando se trata de serviços gratuitos. Ontem, por exemplo, eu me cadastrei no Yola.com porque tinha um banner falando que fazia sites de graça. Eu não tenho nenhum plano recente de construir um site, mas pô! É de graça!

    Muito bom o texto!

  2. O “ausente” é a manifestação da vontade humana pela onipresença afinal, você está ali, você entrou no msn, mas você não está ali, você está ausente!

  3. ThiagoFC

    Gazzag… Eu tenho um perfil, mas só entro lá em anos bissextos em que existam aparições do Cometa Halley. E toda semana recebo um email, que eu deleto sem abrir, cujo assunto é “Veja o que você perdeu no Octopop”.

  4. Agora percebo como ando desleixado com minha vida on-line. Ainda não tinha entendido para que servem os anúncios pessoais do orkut e nem sabia que o Gazzag tinha mudado de nome.

  5. Marília

    Depois que eu vi um anúncio no Orkut que dizia: “O Iago tem sífilis genital” eu espero qualquer coisa disso aí.
    P.S: Também não sabia que o Gazzag tinha mudado de nome, e lembrei que dessas redes genéricas também tinha o Hi5.

  6. João, seu humor só melhora!

    Talvez deva usar os anúncios do orkut para divulgar o “Para o túmulo”, não? Duvido que sirva para alguma coisa.

    Gazzag? Parece nome de ator de filme pornô. Imagine: “Johnny Gazzag”. É quase um Dirk Diggler.

    E o “ocupado” do MSN quer dizer que as pessoas têm coisas melhor para fazer. Sempre.

    Ah, e a TIM é uma bosta.

  7. Juninho

    Eu não tinha pensado nessa de usar os anuncios grátis pra falar merda, mas agora que você me deu essa idéia o mundo não será mais o mesmo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s