Top 5 – Grandes momentos do processo de destruição do meu banheiro

#Chegar de viagem numa sexta-feira, após vir de Macaé num avião bimotor que parecia um Chevette com asas e, antes mesmo de conseguir abrir a porta do meu apartamento, ouvir da senhora idosa do andar de baixo que eu era um moleque canalha e irresponsável porque o vazamento do meu banheiro estava destruindo o apartamento dela e ela já tinha me avisado há mais de 15 dias sobre aquilo e eu não tinha feito nada. Quando eu tentei dizer que estava fora da cidade há um mês, e portanto era virtualmente impossível que ela tivesse falado comigo 15 dias atrás ela desceu e chamou seu marido português, que repetiu que eu era um moleque canalha e irresponsável porque o vazamento do meu banheiro estava destruindo o apartamento deles e ele já tinha me avisado há mais de 15 dias sobre aquilo e eu não tinha feito nada. Só que com sotaque de Lisboa.

#Emprestar a chave do meu apartamento para o meu síndico, que disse que “ia dar uma olhada no vazamento” e notar, ao chegar do trabalho, que uma parede foi praticamente derrubada e foram adicionados 4 sacos de entulho ao meu banheiro, no que só pode ser considerado como o mais visionário projeto de feng shui da história da arquitetura moderna.

#Ouvir do síndico que ele tinha só aberto a parede pra dar uma olhada e que eu devia ficar feliz, porque o português tinha sugerido que ele detonasse a outra parede também, mas ele achou exagero. E antes que eu conseguisse verbalizar toda a minha gratidão de forma adequada ele me avisa que fechou o registro do banheiro e que eu deveria manter o registro fechado o máximo de tempo possível, evitando usar muito a água no banheiro. Afinal, quem precisa de água num cômodo que inclui apenas a pia, o chuveiro e o vaso sanitário?

#Acordar na quinta de ressaca, abrir o registro e descobrir que agora a água do meu banheiro foi totalmente cortada, sendo necessário escovar os dentes na área de serviço e ir para o trabalho sem tomar banho, o que fez com que eu chegasse no escritório com uma aparência que lembrava vagamente a de Saddam Hussein quando foi capturado pelos americanos. Ah, e um dos sacos de entulho havia aberto e virado durante a noite.

#Enviar um email para a imobiliária informando o proprietário sobre a tentativa de verificação do problema por parte do síndico e do vizinho português (também conhecida como “imensa cagada que fizeram no nosso banheiro”) e receber como resposta um texto evasivo que não só nos culpa pela falta de água em todo o prédio como nos responsabiliza pelo vazamento, ressaltando nossa atitude leviana de ainda não ter resolvido o problema, possivelmente com nossas próprias mãos. O email ainda termina com uma pesada crítica ao fato de que viajamos e trabalhamos ao invés de ficar o dia inteiro em casa vigiando o cano para o caso de algum furo aparecer.

Anúncios

12 Comentários

Arquivado em Mundo (Su)Real

12 Respostas para “Top 5 – Grandes momentos do processo de destruição do meu banheiro

  1. talvez eles não usem tanto o banheiro e achem que é um cômodo que poderia ser suprimido de todo e qualquer projeto arquitetônico. vai saber.

  2. Rodrigo!

    Olha, se serve de consolo, essas coisas acontecem com alguma freqüência (e viva a trema!). Eu já estive do outro lado da questão – como o cara que teve o banheiro destruído por causa de uma infiltração que veio do oitavo (!) andar. Mas relaxe: depois piora :)

  3. Caramba! E você ainda consegue fazer graça disso hauhauahuahuahauh…

    Sinto muito pelo seu banheiro!

  4. ThiagoFC

    Que bosta, hein…. (Ou melhor, sem bosta. Dar descarga seria um problema)

  5. Nada melhor do que chegar de viagem e encontrar o banheiro destruído…

  6. ana tereza otoni cardoso da silva

    invasão e destruição de privacidade! isso me lembra que meu apt ta com uma infiltração tb, vou me lembrar de não dar a chave para o sindico.

  7. Tenso… Espero que já tenha conseguido tomar um banho! :D

  8. Juninho

    Quem precisa de banheiros?

    Use um balde, um pinico e a torneira da pia que tá de boa…

    As coisas do pinico você joga pela janela naquele vão central do prédio…

  9. a civilização sobreviveu bem uns 6 mil anos sem banheiro. Banheiro é pra maricas.

  10. Marília

    O importante é pensar: eu ainda vou rir disso. Mesmo que não seja verdade

  11. Aposto que você já deu muitas risadas com isso. E aposto que você fez varias piadas quando viu a destruição.

  12. Eu senti como se estivesse assistindo uma comedia norte-americana ashaushauhsss.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s