Sobre o livro

E o livro chegou. Foi numa quinta-feira insólita, em que eu tinha feito coisas tão esquisitas quanto malhar sem me sentir miserável depois, assistir duas aulas da auto-escola, ser produtivo e pró-ativo no trabalho e cantar Accidentally in Love no centro do Rio junto com um cara usando um nariz e uma peruca de palhaço (sim, eu sei, é estranho. como assim eu fui na academia sem sentir dor, certo?). E aí quando eu cheguei em casa dois pacotes me esperavam: um era o “Story”, do Robert Mackee, um livrão sobre roteiro que eu comprei (porque um dia, sim, amigos, um dia, eu ainda irei escrever o roteiro da adaptação do Besouro Azul para os cinemas) e o outro era um pacote maior e mais simpático, com a editora de São Paulo como remetente. E lá estavam eles (mas também, o que mais poderia estar? um falcão maltês? um dos muppets?). Verdinhos, simpáticos, com meu nome na última capa e dois contos meus dentro. E admito, foi uma sensação muito boa.

Mas vou poupar vocês da longa digressão que resumiria os grandes momentos legais da minha vida (mesmo porque ainda que eu ache divertido falar com vocês da minha primeira HQ ou do meu primeiro curta exibido num festival, acho que a gente realmente não quer discutir a minha primeira vez ou entrar de novo no lance da corrida nudista coberto pela pele de capivara) e ir logo para os aspectos mais…práticos da coisa, abrindo apenas um colchete de duas linhas pra expressar a minha felicidade neste momento.

[Estou feliz pra caramba e seria realmente capaz de abraçar as pessoas hoje, e não desse jeito que eu abraço, mas apertado, tipo a maldita Felícia, saca?]

O livro é, como eu já disse, uma coletânea. São 22 contos, de 20 autores (sobre os quais eu não posso falar muito, porque ainda não li o livro, mas que poderiam ter me avisado antes que apenas eu usaria o espaço da mini-biografia pra fazer piadinhas. sério, ficou chato pra mim, galera), e eu, como também já disse antes, tenho lá dois contos: “Uma história de detetive”, que é…bem…uma história de detetive (sobre o que mais seria, certo?) e o outro, “Você deveria ir apenas nas festas certas”, que é uma bad trip sobre uma mulher que resolve ir numa festa de reencontro da sua antiga turma de colégio (não, você nunca viu isso antes. e se viu foi porque me copiaram, sério). A capa é de um verde esperançoso e agradável (que vai fazer uma composição muito legal na sua estante), a editora é a Belacop Livros, de São Paulo e o título oficial dele é “20 cabeças e 22 contos imperdíveis” (ainda que eu esteja chamando-o de “meu amor”, temporariamente), sendo composto por 172 páginas de um papel que eu realmente não sei dizer qual é. E não sei dizer exatamente se isso seria importante e tal.

Já no que tange a distribuição e a logística, eu recebi umas cópias, como autor, e elas devem ficar pra família (tenho certeza que minha mãe vai conseguir achar alguma forma de me deixar constrangido com isso e que meu pai vai usar o livro como calço de mesa, mas não posso evitar) e pra mim (porque, como eu disse, são poucas), ainda que eu sinceramente quisesse mandar uma cópia pra cada um de vocês, com dedicatória e tudo, pela força e apoio que vocês me deram esse tempo todo, com especial afeto para aqueles que disseram que eu sou inteligente, engraçado e sensual/sexy. Todos vocês tem um pouquinho de culpa por isso e possivelmente serão judicialmente acionados em breve, portanto não aceitem assinar nada sem seus advogados.

Para quem tiver interesse em comprar uma cópia (e deus abençoe você e seus descendentes, e que todos os seus inimigos sejam forçados a assistir Elektra e Mulher-Gato, na versão do diretor), a editora vai disponibilizar a venda on-line em cerca de um mês (or so they said), e eu vou ser o primeiro a falar disso aqui no blog, além de iniciar uma campanha maciça na mídia sobre o livro (piada, eu sou tímido demais pra isso). E bem, foi isso. Esperem mais novidades para breve.



Anúncios

12 Comentários

Arquivado em Good News, Milton Neves, No News, Sem Categoria, vida profissional

12 Respostas para “Sobre o livro

  1. Rodrigo!

    Bem, EU sou um que vai querer uma cópia. E também vou participar da Campanha Maciça de Lançamento do Coiso Fofo do Titio, i.e. seu livro. E ainda vou avisar no Forum, para que haja uma divulgação internacional, OK?

  2. ThiagoFC

    Como já te fiz “comentários em tempo real”, mas pra não ficar em branco na sua caixa de comentários, o q eu tenho a dizer é o seguinte: Sabe q eu não achei o filme da Elektra ruim? (Tem a Jennifer Gardner em um beijo lésbico! Como isso pode ser ruim?) Mas o da Mulher-gato, tal qual Regina Duarte, eu tenho muito medo!

  3. Josy

    A cada dia mais interessante…

    O que dizer, além de “PARABÉNS” e “você merece”? Ah, eu diria que em uma festa, eu com certeza conversaria com um cara que teve dois contos publicados em um livro. Mesmo que fosse em uma festa infantil, sem nada pra beber…rs

    E como eu não sou tímida demais pra isso, também vou participar da campanha maciça pra divulgação ;-)

  4. Parabéns João!
    Espero em breve poder ler esse livro e seus contos!
    E se uma pessoa me perguntar qual livro comprar pra se divertir, eu já saberei a resposta!

  5. fui seca nos titulos dos contos achando que era link mas não era :S

    sei que seria errado ler os contos e não comprar os livros, mas no meu caso, nem se eu quisesse, tenho que esperar no minimo 9 meses pra adquiri-los hehe :/

    Parabens !

  6. tirar carteira de motorista é sempre uma saga. pra uns mais curta, pra outros mais longa. mas, é ótimo ser habilitado. sério.

    parabéns pelo livro! é bom saber que há autores de qualidade no mercado. beijos! :*

  7. moniquemoro

    Parabéns pelo livro mais uma vez!
    que o número de publicações cresça exponencialmente!

    \o\ |o| /o/

  8. Velho, não vou te dar um parabéns meloso porque tenho uma reputação de “linha dura” para zelar, mas tu escreves muito (tanto em qualidade quanto em quantidade). E aviso que não serei tímido demais para pedir favores quanto tu estiveres na Academia Brasileria de Letras sentado ao lado do Sarney.

  9. Pô, cara… que foda!

    Parabéns de verdade!!!

    Ao sucesso, garoto!

  10. Juninho

    Que bonitinho!

    O texto da festa é realmente muito bom!

  11. Se liberarem o cartão de credito aqui vou correndo comprar uma copia!! 0/
    Bom, com a freqüência que eu entro aqui é bem provável que eu seja a ultima a saber.
    Parabéns joão! *-*

  12. Oi, colega, espero que não se importe, “emprestei” sem permissão sua foto para colocar no meu blog, enquanto não chega o meu livro pensei que não iria se importar de eu usar a sua, hehe. Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s