É estranho sentir saudades de um Ronaldinho que eu nunca vi ou evitava ver?

E agora ao que parece uma das ondas mais bacanas do futebol brasileiro é reclamar do Ronaldinho Gaúcho. Jornalistas questionam os excessos de sua vida noturna, ex-jogadores discutem sua apatia em campo, comentaristas elucubram sobre seu posicionamento tático, Neto diz que ele não teria vaga nem na reserva do Guarani e, o mais perceptível, a grande massa dos torcedores reclama que ele não é mais aquele Ronaldinho que ele era no Barcelona. Sim, Ronaldinho já não cabe mais nas roupas que cabia, já não enche mais a casa de alegria, os anos se passaram enquanto ele dormia e o futebol dele agora é tão deprimente quanto uma música do Nando Reis.

Mas vamos ser sinceros, quantos de nós realmente viram o Ronaldinho em campo jogando essa bola toda? Falo na boa, de coração mesmo, quantos de nós acompanhavam o campeonato espanhol de 2003 a 2008, viram todas aquelas partidas na íntegra, curtiram as emoções de cada Barcelona x Rayo Vallecano e podem opinar, de forma coesa, coerente e razoável, sobre o desempenho do Ronaldinho pelo clube enquanto estava fora do Brasil, na posição de testemunha ocular? E não, vocês da ESPN não valem, vocês são pagos pra isso. Viu? É mais ou menos o que eu imaginava.

Poucos de nós realmente viram o Ronaldinho jogar essa bola toda. Vimos os gols, vimos os melhores lances nos programas de esporte, lemos nos jornais sobre como ele estava comendo a bola, ganhando prêmios e vendendo bandanas. Mas que partidas inteiras dele nós vimos? Bem, os jogos pela seleção, nos quais ele alternava boas partidas com exibições apagadas mas nunca conseguiu ser o craque do time e aquela partida contra o Inter no mundial que, né, vamos lá. O Inter tinha o Clemer e o Rubens Cardoso, galera.

A verdade é que grande parte de quem reclama que o Ronaldinho “não é mais isso tudo” nunca viu o Ronaldinho efetivamente “sendo isso tudo”. É gente que viu apenas medley de lances no youtube e acha que ele realmente conseguia chutar 12 bolas seguidas na trave mesmo amarrado e fora do estádio, é garoto que cresceu jogando Pro Evolution Soccer e pensa que conhece futebol europeu (da mesma forma que eu quando moleque estranhava o Flamengo não contratar o Tó Madeira e resolver todos os problemas do ataque), é gente que realmente achava que a simples presença do Ronaldinho ia salvar o ataque, agilizar o meio de campo, curar a esquizofrenia do Wellinton e possivelmente fazer surgir um estádio e um CT a partir de alguns feijões mágicos que a Patrícia Amorim ia comprar.

Não que eu esteja defendendo o Ronaldinho, claro. Ele realmente não tem jogado nada, ele realmente cobrou aquele pênalti como se fosse um tiro de meta, ele realmente tem o instinto de liderança do Abutre do desenho dos Thundercats, ele realmente zoou mais na noite carioca em uma semana do que eu em dois anos (e eu admito que sinto uma certa vergonha por isso).  Mas tem duas coisas que a gente deve sempre levar em consideração quando fala mal do Ronaldinho: estávamos contando que ele jogasse um futebol que não sabíamos mais se ele podia jogar (e que alguns de nós nunca o vimos jogando) e ano passado o nosso meia de criação era o Michael. Sim, o Michael. É, o que era lateral-esquerdo reserva do Botafogo. Não é pouca zoeira, amigos.

Anúncios

18 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, Futebol, Rio

18 Respostas para “É estranho sentir saudades de um Ronaldinho que eu nunca vi ou evitava ver?

  1. eu até que assisti algumas partidas dele. mas, quando vi que ele viria para o Brasil, já sabia que era falação demais pra pouca coisa. bom, pelo menos, o Ronaldo fez uma boa campanha no Timão em 2009. acho que o Flamengo não foi tão bom de negócio, quanto.

    • joão baldi jr.

      Eu acho que racionalmente o Ronaldinho teria tudo pra ser um negócio melhor do que o Ronaldo: mais jovem, mais inteiro, melhor condição física. A questão é que eu não vejo no Ronaldinho a vontade de jogar que o Ronaldo tinha (em 2009, claro. depois o Ronaldo tava mais de sacanagem do que o Bozo)

  2. Eu acho o Ronaldinho feio.

    • joão baldi jr.

      Isso me lembra um amigo que disse que o Kaká era gato, num bar. Aí a gente falou “que isso, ele tem cara de ter a idade que tem”. E aí ele disse “não, não é isso. eu acho ele bonito mesmo”.

      • Deve ter sido um momento estranho pra vocês…

        E eu só quis expressar que eu realmente não poderia dar opinião sobre as habilidades do Ronaldinho, porque eu não acompanhei os jogos dele, pelo menos não muitos, pra dizer se ele está melhor ou pior ou se na verdade ele nunca foi tão grande coisa assim.

        E eu acho que hoje em dia falam muito sobre os jogadores, sua vida pessoal etc. Acho muito estrelismo, sei lá. Assim como falam muito sobre a vida pessoal dos atores e a qualidade da atuação muitas vezes é lamentável.

        Daí dizer-se “O Ronaldinho é feio”

  3. ThiagoFC

    Primeira coisa que eu vou deixar bem clara: Não estou acompanhando os jogos do Flamengo, como não acompanhei de perto o auge dele no Barcelona.
    Pois bem: Quando ele anunciou que voltaria ao Brasil, torci para não ser para o Palmeiras, arquirrival do meu Timão. Meu pensamento sobre ele era o mesmo que sobre o Ronaldo, anos antes: se jogar 10% do que sabe, com o baixo nível técnico dos caras que costumam jogar por essas bandas, ainda assim seria algo acima da média nacional.
    Se o Ronaldinho anda sendo tão criticado assim, acho que nem esses 10% ele tá jogando. Quiçá, nem 5%.

    • joão baldi jr.

      Cara, ele tá sendo…normal, sabe? Ele acerta, ele erra, ele some, ele aparece. As vezes ele vai bem, as vezes ele vai mal. E é isso que me choca nas opiniões extremadas da galera. É gente falando que ele é genial, que ele mudou o time, que sei lá o que e gente falando que é uma vergonha, que ele é uma sombra, etc. Enquanto que, bem tá tudo mais ou menos, nada de mais mesmo.

      • JuninhO

        O problema é exatamente esse. Ele não tema reputação de um jogador normal, a fama de um jogador normal, o salário de um jogador normal. Por isso não pode ser cobrado como um jogador normal.

  4. Leofurmiga

    Não acompanho nada de futebol, mas uma coisa é inegável, nem todo dinheiro do mundo deu jeito na ausência de beleza daquele cara!! hahaha

  5. Mateus

    Os clubes brasileiros, Flamengo incluso, deviam se tocar que não são museus, trazer esses caras em fim de carreira… Esses “atletas” vêm, jogam uma bolinha, curtem a noitada brasileira, não jogam tudo que sabem (nem tem condição pra tal) e ao primeiro chumaço de dinheiro que esfregam na cara deles, partem de volta pro estrangeiro. Dei graças a Deus pelo Flamengo ter se livrado da bomba Adriano, em 2011. E nem esperava muita coisa qd Ronaldinho foi anunciado no Mengão, aliás, preferia q ele nem viesse, sério. Mesmo com ele, não são uns Negueba da vida que continuam decidindo a maioria dos jogos?

  6. Desde o começo do ano que eu digo: o Flamengo tem um jogador acima da média. E o nome dele é Thiago Neves. E o Ronaldinho hoje é um jogador comum, que vai viver muito tempo sobre a sombra do que já foi.

    Mas isso não importa… O que importa é que eu ri muito do Tó Madeira. Será que só eu entendi isso?

  7. Loló

    O que eu sei é que o meu Ceará tirou o Flamengo do Rolnaldinho Gaúcho.

  8. Loló

    O que eu sei é que o meu Ceará tirou o Flamengo do Rolnaldinho Gaúcho. ;-)

  9. O Abutre era meu mutante preferido.

  10. Rosana

    Eu prefiro o Mun-Ha, o de vida eteeeeeeeeeerna!
    Ronaldinho podia tentar essa do Mun-ha pra ver se ficava mais bonitinho né O.o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s