Mini-conto #6: “Para uma namorada ausente”

A verdade é que eu estou sentindo sua falta. Eu queria achar uma forma mais madura, mais sutil e possivelmente menos carente de dizer isso, mas acho que não tem como. Eu sinto sua falta, eu estou com saudades e eu gostaria que você estivesse aqui comigo, porque sem você está sendo complicado. Sério, muito complicado. Assim, foda mesmo.

Sabe essa coisa toda de quando a pessoa está longe você entender que está amando, o tempo demorar pra passar, a comida não ter mais o mesmo gosto e você se pegar citando involuntariamente um dueto entre Bryan Adams e Mel C. e ficar muito envergonhado tanto por uma coisa quanto pela outra? Bem, é assim que eu estou me sentindo. Sem você as coisas não tem tanta graça, o mundo não é tão divertido e eu viro um cara que é mais atento a carreira solo de ex-Spice Girls do que deveria. É apenas errado, sabe?

Não que eu não entenda o valor da distância. É, eu sei, todo mundo precisa de espaço, todo mundo precisa de ar, todo mundo precisa de perspectiva. Pode ser que um tempo longe ajude a ter certeza de coisas, confirme teorias, renove sensações e algumas pessoas até acham que todo relacionamento precisa ter um elemento de saudade pra funcionar, talvez como estímulo, algo do tipo. Claro que nesse momento, quando eu estou pensando seriamente em tentar fazer uma versão sua usando dois travesseiros e um balão eu talvez não seja a melhor pessoa do mundo pra opinar sobre isso, mas eu entendo o conceito.

A verdade é que eu me desacostumei a ficar sozinho. É tudo tão melhor com o seu sorriso, com o seu beijo, com o seu cheiro, que ficar sem você parece bobo, sem graça…errado. Desde que você saiu daqui tudo que eu penso é em falar com você, te abraçar, ouvir a sua voz.

Em suma: sinto sua falta, Alice. E por favor, não desvalorize os meus sentimentos como você fez da outra vez, dizendo que sempre que você vai ao mercado ou na academia feito agora eu me comporto que nem uma garotinha e faço esse circo todo. Isso me magoa. Sério.

ps: eu sei que tinha prometido parar de mandar esses sms longos, esse foi o último.

Anúncios

13 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, contos, romantismo desperdiçado, situações limite, Vida Pessoal

13 Respostas para “Mini-conto #6: “Para uma namorada ausente”

  1. Lucas Menezes

    Isso contraria um pouco a teoria da auto-suficiência sentimental, mas às vezes simplesmente acontece.

    • joão baldi jr.

      Ah, quando um cara manda uma mensagem composta por mais de 300 caracteres ele está tratando a teoria da auto-suficiência sentimental mais ou menos como o Bento XVI trata a evolução das espécies, algo assim.

  2. Loló

    Adoro teus finais. Ponto.
    Eu diria que se essa sms fosse mandada para uma namorada que goste de gracinhas feito essa, muito provavelmente ela lhe renderia algum feito. Ou isso ou eu tô romantiquinha demais.

  3. ThiagoFC

    Bryan Adams… Você já viu aquele clip do Stewie Griffin (Uma Família da Pesada, ou “Family Guy”, dependendo do gosto do freguês) cantando aquele hit romântico dele (cujo nome me escapa no momento, mas é uma das mais famosas músicas do cara)? Rachei de rir.
    Uma Família da Pesada me faz rachar de rir, e os episódios com Brian (o cachorro) e o Stewie são os melhores. Não, isso não relação alguma com o texto, eu divaguei mesmo.

  4. osvaldo

    Muito bom o texto, como muitos outros que você escreveu. Você consegue escrever sobre relacionamentos de um ponto de vista masculino mas sem bancar o machão ou machista como em muitos blogs por aí.

  5. Que lindo!!! E aviso já que eu não sou (muito) adepta do romantismo. Uma sms dessa derruba qualquer um.

  6. eu fui pega de surpresa com o lance do sms. eu já discuti relação via torpedo. muita emoção! hahahaha. ótimo texto, como sempre. o/

  7. Julieta

    =)
    Muy buena!

  8. André Luiz Vasconcelos Barreto

    Odeio quando as mulheres não entendem a importância de um gesto tão romântico quanto uma SMS surpresa para o amadurecimento da relação.

    Vocês podem chamar de carência, mas eu conheço como… É. É carência mesmo, mas é bonitinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s