5 frases padrão pra você que não sabe nada de futebol usar em qualquer discussão sobre o assunto

“O técnico tem que aproveitar melhor a base” – Mais ou menos como “o ano que vem”, “o próximo final de semana” e “aquela garota que você mal conhece”, as categorias de base de um time são o receptáculo máximo da esperança e do sebastianismo de qualquer torcida, mesmo que nunca vençam nenhuma competição, tenham atletas que aos 12 anos já tem seus passes divididos entre 14 empresários ou apenas promovam jogadores que aos 17 já adquiriram a mesma velocidade, ímpeto para jogar bola e felicidade com a vida que o Petkovic gastou 40 anos – incluindo 10 anos de guerra na antiga Iugoslávia – para conseguir. Ou seja, diante de qualquer discussão sobre futebol, seja no time, continente ou âmbito que for, a observação de que os jovens da base merecem mais oportunidades sempre vai ser recebida com um aceno encorajador e aquele comentário otimista de que “certeza que esse tal de Toró vai ser o novo Rivellino, tô te falando”. 

“Um bom time começa pela defesa” – Possivelmente o mais perto que o futebol consegue chegar do “assim como são as pessoas são as criaturas”, a máxima de que uma defesa impenetrável sempre vai te garantir ao menos um ponto, ainda que seja comumente considerada um pensamento retrógrado e retranqueiro, que vai contra a nossa vocação canarinho para o futebol-arte, é uma daquelas frases das quais, ao menos na teoria, ninguém pode discordar, já que se você não tomar nenhum gol é bem complicado perder o jogo. Outras variações temáticas que podem ser usadas para agregar valor à declaração são “bola pro mato que o jogo é de campeonato”, “enquanto a bola tá no alto não tá com eles” e “fair play é coisa de viado”. “Quina pra nada” e “quina pra tudo” não se aplicam a esse tipo de ocasião.

“Precisa profissionalizar o clube” – Uma coisa que qualquer pessoa, por mais leiga que seja, consegue facilmente notar é que o futebol brasileiro, enquanto instituição, é meio zoado. Nossos clubes não pagam em dia, nosso campos não tem drenagem, nossos dirigentes tem finanças suspeitas, nossos técnicos são viciados em jogo, nossos atletas mostram os genitais na webcam diante da menor provocação como homens de meia idade no chatroulette, entre toda uma miríade de outras circunstâncias que fazem com que até mesmo o campeonato chinês, onde o Muriqui é craque e as contratações são feitas baseadas em informações simuladas no Ultimate Soccer Manager pareça ter mais credibilidade. Dentro desse contexto qualquer comentário sobre a varzeanidade de nossos clubes soa razoável, ainda mais se for acompanhada de uma frase agregadora de valor como “olha o caso do Luxemburgo, certo?”.

“Seleção tem que dar mais chance pros atletas que jogam no Brasil” – Outra frase clássica do cronismo esportivo brasileiro e sempre aceita de bom grado tanto nas rodas de bar formadas por comentaristas informais quanto nas mesas redondas televisivas formadas por comentaristas informais que ganham coolers da Brahma e podem pedir música pra atração da noite, essa declaração parte do princípio de que os atletas que atuam “no estrangeiro”, por já estarem com a vida ganha, teriam menos motivação do que os atletas que disputam nossa liga interna, onde comeriam grama diariamente e, vivendo a base de forragem e água da bica, veriam a seleção como um sonho dourado que lhes permitiria dinheiro e glória. Essa teoria vem sendo, é claro, questionada desde que Ronaldinho Gaúcho voltou ao Brasil e decidiu construir um túnel ligando sua casa à uma boate, mas continua sendo um refúgio seguro durante aquele jogo da seleção em que o André Santos entrou com a camisa 6 e foi escalado pra bater pênalti.

“Queria ver disputando o campeonato brasileiro/queria ver disputando a champions league” – Clássicos contemporâneos, essas duas frases nasceram da recente ruptura entre aqueles que acham que o futebol europeu, com suas grandes ligas, seus altos salários e suas competições com musicas-tema engraçadinhas são o melhor do futebol e aqueles que acreditam que o nosso brasileirão, com seu futebol pegado, suas revelações da base e seus zagueiros treinados por Chong Li chutando paredes ainda representam a nata desse esporte bretão. O uso é, claro, bem simples e varia apenas de acordo com a sua antipatia do momento. Neymar entra em campo contra o Atlético Goianiense e faz quatro gols de placa, sendo que em um ele sai do campo, sobe pelas arquibancas, invade o acesso e dribla dois bilheteiros? “Queria ver esse veado fazer isso numa champions league, filho da puta”. Cristiano Ronaldo chega contra o VB Vágur das Ilhas Faroe e mete seis, sendo três de calcanhar e dois de antes do meio de campo? “Queria ver esse bacaba fazer isso no brasileirão. Cê acha que o Gustavo Geladeira tomava um desse? Ia dar no meio dele, bichona”.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, Futebol, homens trabalhando, referências, teorias

11 Respostas para “5 frases padrão pra você que não sabe nada de futebol usar em qualquer discussão sobre o assunto

  1. Mateus

    “Com esse troca-troca de técnicos, não dá tempo do cara se firmar no clube e desenvolver um trabalho consistente”. Chavão, mas real, por vezes.

  2. Acrescento o neoclichê “mas acho que ainda dá pra pegar uma vaga na Libertadores”.

    Se o time não tem a menor chance de título, está em crise e os primeiros colocados do Brasileirão dispararam na frente, o ideal é usar a hipótese de conseguir a última vaga para a Libertadores para tentar salvar o ano e o moral do time.

    Se o time disputou o campeonato pau a pau com os líderes, mas deixou escapar o título na última rodada, salva-se qualquer discussão dizendo que, pelo menos, ele vai jogar a Libertadores do próximo ano.

    E, por fim, se o time ganhou a Libertadores, não importa se ele vai jogar o Mundial no fim do ano (afinal, vai chegar lá e tomar um sacode do Barcelona mesmo), o importante é comemorar que, ainda em julho, a equipe já garantiu sua vaga Libertadores do proximo ano.

  3. Uma das mais clássicas: em time que tá ganhando não se mexe!

    Essa velha clássica dura até um time tomar algum gol, ai a típica é: quem não marca leva!

    http://asabiaignorancia.blogspot.com/

  4. André Gualda

    Quando eu li o título já tinha noção que o texto era bom, mas esse texto é de longe seu texto mais engraçado! Parabêns mesmo!

  5. André Gualda

    com alguma enfãse na palavra texto haha

  6. Já fiz as devidas anotações e está incluído na minha lista de frases futebolísticas, junto com o “fulano (insira aqui Robinho, Ronaldinho Gaúcho e similares) é um firuleiro safado” e o pontual “claro que foi impedimento”, com a clássica pose indignada pra dar veracidade a frase.

    Em tempo,você não poderia ter escolhido uma imagem melhor do que deste episódio de IT Crowd pra ilustrar esse texto.

  7. ThiagoFC

    Além de ter achado o texto fantárdigo (em especial as duas últimas frases), eu quero registrar aqui que faço coro com o comentário do Ulisses. Esse recente hábito de transformar qualquer torneio em seletiva para a Libertadores é muito chato (principalmente porque a grande maior parte do times que se consola com a última vaga dificilmente estará entre os favoritos ao título).

  8. ThiagoFC

    Depois de um dia como o de ontem, anota mais essas aí:
    “Quero ver o Neymar fazer isso contra o Barcelona…”
    “Quero ver o Messi fazer isso numa Copa do Mundo…”

    P.S: Eu sou um dos que duvidava e continuo duvidando que algum dia Neymar será capaz de fazer isso contra o Barcelona.

  9. hahaha, ótimo texto, principalmente a parte do CR7 e Neymar!

  10. O_Pulga

    João, você é Fantástico!

  11. estou rindo porque toda a crônica esportiva vive disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s