Da namorada enquanto entidade essencial para um dimensionamento correto dos eventos relacionados ao futebol

#1

“Mas esse time é foda, putaquepariu…”

“O que houve?”

“Empatamos com o Sport, tá vendo? Sport nem é time de série a, é foda acreditar numa merda dessas. Bando de filhos da puta. Como me conseguem empatar um jogo bosta desses”

“Puxa, que pena…era final do que?”

“Ah, não era final de nada, campeonato brasileiro é pontos corridos”

“Hummm…mas tá terminando então, né? Faltam quantos jogos?”

“Na verdade tá começando, primeira rodada. Ainda faltam umas 37, por aí”

“Ah…mas o Sport é rival então? Porque você tá tão chateado, deve ser um clássico. Sport não é do nordeste? Seu time é do Rio”

“Então…não é bem um clássico…a gente na verdade quase nunca joga com o Sport”

“Entendi. Você tá de pé em cima do sofá ameaçando quebrar uma garrafa na janela por conta de um jogo da primeira rodada de um campeonato que tem quase quarenta jogos numa partida fora de casa contra um time que não tem a menor rivalidade com o seu, é isso?”

“…”

“…”

“Eu às vezes não gosto de ver futebol perto de você, sabia?”

 #2

“Foda essa seleção do mano, hein, putaquepariu…”

“Perdendo de novo?”

“Pra Argentina, você acredita? Essa zaga é muito ruim, não tem como ganhar olimpíada com esses moleques. Welinton tinha vaga nesse time, sinceridade”

“Que chato. Mas você não ia parar de ver jogo da seleção?”

“Ah, é que eu tava passando pela sala e aí acabei sentando pra ver”

“Engraçado. Porque eu lembro de você dizendo que não ia mais dar audiência pra time da CBF, que não ia perder tempo com seleção do Mano, que isso tudo era uma palhaçada”

“Ah, mas é uma palhaçada, é só que…”

“E eu também me lembro de você falando que seleção é coisa de mulher e criança, que você não é refém de copa do mundo, que seu foco era no seu time”

“E você tem razão mas é que eu…”

“E lembra daquela noite em que você me manteve acordada até as duas horas da manhã explicando porque todas as copas eram armadas, como dava pra prever os vencedores dois anos antes, que a de 98 foi uma farsa e que a Espanha só ganhou por causa do pool de empresas envolvidas na construção dos estádios na África do Sul?”

“Claro que eu lembro mas é que…”

“Mas pode continuar assistindo, eu não tô te recriminando, tô só comentando”

“…”

“…”

“Vou colocar no telecine”.

#3

“Foda esse mercenário do Ronaldinho, putaquepariu, sério…”

“Ele saiu do Flamengo, né?”

“Saiu e ainda tá processando o clube, o vagabundo”

“Mas por que ele tá processando?”

“Ah, salário atrasado, uns lances de direitos trabalhistas, umas coisas assim”

“Mas ele tá errado, né? O clube pagou tudo e ele tá tentando roubar vocês?”

“Na verdade não…assim…o clube não pagava o cara mesmo”

“Ah, então ele tá certo?”

“Não, certo ele não ta, né? O cara chegava bêbado, nunca treinava, tava na cara que não se dedicava, sabe?”

“Tipo você no seu trabalho?”

“Como assim?”

“Bem, toda quinta você chega meio de ressaca, sempre reclama que odeia aquilo lá e passa o dia todo me mandando desenho no draw something, então não dá pra dizer que você tá exatamente se dedicando, né?”

“Ah, mas é diferente…”

“É diferente porque nunca atrasaram seu salário cinco meses?”

“…”

“…”

“Acho que a gente devia conversar sobre outras coisas, sério”

Anúncios

15 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, Futebol, homens trabalhando, situações limite

15 Respostas para “Da namorada enquanto entidade essencial para um dimensionamento correto dos eventos relacionados ao futebol

  1. Diego Tavares

    Isso pra não falar nas vezes que mulheres comentam beleza de jogador e simplesmente acabam com toda a experiência futebolística. Cara, eu vou parar por aqui que eu já to ficando puto de novo.

  2. Bom, agora tem que ver como o Ronaldinho age recebendo o salário e tal.

  3. Angélica

    Meu namorado disse que sua namorada é fictícia. Beijos.

  4. Meu namorado não gosta de futebol. Aí a gente passa esse tempo “conversando” sobre política. Às vezes ele me diz para parar e conversar sobre coisas mais leves. Sério.

  5. ThiagoFC

    Filha da puta é a CBF, que tirou o Mano do Corinthians em 2010, quando o time liderava o campeonato, e foi forçado a contratar aquela merda do Adílson Batista, que teve a manha até de perder para o Atlético Goianiense em casa.
    Resultado: o Fluminense, do Muricy (1ª escolha da CBF) foi campeão, no ano seguinte eles mandam o Muricy embora e ele ganha a Libertadores com o San7os, e em 2011 o Corinthians teve que jogar a fase preliminar da Libertadores, e conseguiu ser desclassificado pelo Tolima, forçando o Ronaldo a encerrar a carreira ultra-gloriosa dele com uma derrota em Ibagué, na Colômbia, pra um time inexpressivo.
    Foda, viu? Putaqueopariu…

    • ThiagoFC

      Claro que o Corinthians foi campeão brasileiro em 2011, e tá bem perto de eliminar o mesmo San7os da Libertadores e se classificar para a final de forma inédita.
      Mas é foda, viu? Puta que o pariu…

  6. ninguém conversa sobre futebol comigo porque eu sou corintiana e como tal louca de pedra. hahahaha.

  7. Flávia G.

    Namoro um cruzeirense…. o time dele só perde e ele ainda insiste!!! É triste!

  8. Marcia Annia Walker P. da Silva e meio de Castro Vaz Kenobi

    eu sei que eu não a conheço e isso é meio esquisito, mas eu gosto muito dela. sérião.
    eheheheheh

  9. Sua namorada dá aula de retórica futebolística à distância?
    Se sim, avisa que tô interessada no curso intensivo, faz favor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s