Três tentativas de resenha gourmet

Cinco.Anos.de.Noivado.2012.720p.BluRay.x264-IRONCLUB.DUAL-BKZ_01_02_13_00003

Minha casa – Focada numa culinária mais contemporânea, com toques de moderno, pitadas de ousadia e uma certa propensão a não lavar a louça depois de quinta porque a faxineira já vai vir na terça que vem mesmo, não sei pra que se desgastar, o primeiro avaliado da lista vem funcionando desde 2011 no mesmo local, após um período funcionando no Flamengo e seu começo ainda no interior de Minas Gerais, trabalhando basicamente como uma miojaria, com sábados de salsicha e batata. Com uma decoração baseada na cultura pop, com ênfase em quadrinhos, desenhos animados e aquilo a que minha namorada se refere como “bonequinhos feios”, tem capacidade para atender até quatro pessoas ao mesmo tempo, se o notebook ficar no quarto e eu tiver paciência pra tirar as coisas da mesa da cozinha.

Com um cardápio variado, ainda que baseado na inspiração do chef, e de organização claramente sazonal – se na segunda teve macarrão com camarão e queijo, na terça vai ter macarrão com camarão e mais queijo, na quarta macarrão com um pouco menos de camarão e sem queijo, na quinta macarrão ao alho e óleo e na sexta sopa de macarrão com uma calabresa que eu encontrei dentro da lata onde devia estar o orégano – também utiliza muito do reaproveitamento criativo de ingredientes e da sanduicheria moderna – uma grande sugestão é o misto quente de oito pães com requeijão e polenguinho, uma especialidade da casa e um dos poucos lanches já banidos pelo ministério da saúde. Não possui valet, não possui ar-condiconado na sala e o serviço de sobremesas foi cortado quando eu notei que usando certas camisas parecia que eu tinha peitinhos.

Casa da minha mãe – Reduto da culinária caseira, busca oferecer o clássico refinado, num ambiente casual, aconchegante e que tem uma quantidade de fotos minhas quando criança que poderia deixar algumas pessoas realmente desconfortáveis. Funcionando no mesmo local desde a década de 90, atende quatro pessoas na mesa extensível que poderia ser transformada numa mesa para seis se ela não fosse tão pesada e eu e meu irmão não tivéssemos tanta preguiça. Mais fácil alguém comer no sofá.

Especialista no clássico “arroz, feijão e carne”, também ousa investir na culinária italiana com freqüência, assim como uma vasta gama de bolos, doces e saladas que quase ninguém toca e a chef fica bastante sentida. Com porções generosas onde um prato para dois serve quatro pessoas e um prato para quatro serve dois filhos que voltarão para suas cidades cheios de tupperwares – “e eu vou telefonar pra ver se comeu tudo, hein?” – também oferece a possibilidade de conversar diretamente à mesa com a proprietária, ainda que diante de elogios ela possa adotar uma postura carente e dizer coisas do tipo “se gosta tanto dessa batata porque se mudou pro rio e visita tão pouco a sua mãe?”. Possui valet mas seu irmão reclama de ter que te buscar na rodoviária.

Casa da minha avó materna– Culinária tradicionalmente mineira é o que você pode encontrar neste reduto encravado no meio da baixada fluminense onde apenas os mais corajosos chegarão para conhecer um ambiente aonde se cria o próprio porco, se mata a própria galinha e se chama de fresco o próprio neto porque ele acha essas coisas meio extremas, não tem muito preparo.

Especialidades como o lombo de porco, a galinha frita e o torresmo são servidos em quantidades generosas, assim como diversos pães e entradinhas, além de uma vasta gama de sobremesas, ainda que o prato mais tradicional da casa seja mesmo o constrangimento servido frio, já que a chef segue na crença de que conseguirá casar um de seus netos com alguma menina ainda virgem da igreja e gera momentos constrangedores em que um homem adulto precisa se esconder num banheiro até uma menina de 16 anos ser convencida a ir para casa. Não é bacana, sério.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em é como as coisas são, Vida Pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s