Arquivo da tag: alta fidelidade

A praticamente interminável playlist sobre mal-entendidos e brigas de casal: itens #12, #13, #14, #15 e #16

Moonlighting-tv-04

#12 -Joe Cocker – Don’t let me be misunderstood: Possivelmente o mais próximo que uma canção romântica consegue chegar de uma declaração formal de desculpas após uma acusação de violência doméstica, essa balada de Joe Cocker se tornou um clássico por aliar em poucas estrofes não apenas claros sinais de bipolaridade do eu-lírico como também aquela postura “só deus pode me julgar” tão presente nos grandes romances, nos grandes adesivos de carro e nos grandes perfis de orkut. Ótima trilha para episódios de Linha Direta, dramatizações durante a madrugada na Record e declarações do tipo “não é nada disso que você está pensando” quando é exatamente aquilo que ela estava pensando e nem é a primeira vez.

Continuar lendo

7 Comentários

Arquivado em Músicas e derivados, Top

Aquele sobre “Alta Fidelidade”, amadurecimento, a crise dos 25 e picles assassinos do espaço

Eu acho que poucos livros que eu li até hoje conseguiram me dizer tanto sobre amadurecimento quanto “Alta fidelidade”. Claro, “Pergunte ao pó” é um dos meus livros favoritos, “A montanha mágica” e “O apanhador no campo de centeio” marcaram a minha adolescência, a “Saga do Clone” me sequelou para o resto da vida, mas existem várias coisas em “Alta Fidelidade” que tornaram a história de Rob Fleming o meu romance de formação por excelência (ainda que, sei lá, alguém possa dizer que literariamente o livro nem se enquadra exatamente nessa categoria ).

Continuar lendo

15 Comentários

Arquivado em Desocupações, Vida Pessoal