Arquivo da tag: baseado em fatos reais mas achei que seria mais dramático se trocasse o bróder da pelada pela namorada

Item #67 do guia de bolso dos pequenos desconfortos conversacionais

vilhena

Se trata de um daqueles relacionamentos cujo grau de intimidade é confuso. Você não consideraria um amigo, mas é mais do que um conhecido, não trabalhou contigo então não é colega, vocês não tem vínculos de parentesco que você saiba. Se conhecem faz tempo mas suas horas de conversação somadas não permitiriam que vocês tirassem um brevê pra pilotar avião de papel.

Você estava esperando a namorada sair do trabalho, ele estava de passagem, você viu que ele acenava do outro lado da rua, acenou de volta, viu que ele atravessava a rua, o aceno se tornou mais tímido, viu que ele se aproximava e o que era um aceno se tornou o movimento em libras para “puta arrependimento do caralho”. Simulou uma olhada no celular mas era tarde demais para ser salvo pelo candy crush.

Continuar lendo

6 Comentários

Arquivado em Gente bizarra, situações limite, Vacilo, Vida Pessoal