Arquivo da tag: comida

Três tentativas de resenha gourmet

Cinco.Anos.de.Noivado.2012.720p.BluRay.x264-IRONCLUB.DUAL-BKZ_01_02_13_00003

Minha casa – Focada numa culinária mais contemporânea, com toques de moderno, pitadas de ousadia e uma certa propensão a não lavar a louça depois de quinta porque a faxineira já vai vir na terça que vem mesmo, não sei pra que se desgastar, o primeiro avaliado da lista vem funcionando desde 2011 no mesmo local, após um período funcionando no Flamengo e seu começo ainda no interior de Minas Gerais, trabalhando basicamente como uma miojaria, com sábados de salsicha e batata. Com uma decoração baseada na cultura pop, com ênfase em quadrinhos, desenhos animados e aquilo a que minha namorada se refere como “bonequinhos feios”, tem capacidade para atender até quatro pessoas ao mesmo tempo, se o notebook ficar no quarto e eu tiver paciência pra tirar as coisas da mesa da cozinha.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em é como as coisas são, Vida Pessoal

Pequeno guia de informações e orientações úteis para clientes novatos ou desacostumados na rede de lanchonetes Subway

meet-subway

O Subway não é uma prova do Enem – Porque ninguém no MEC vai anular o seu sanduíche se você já chegar no balcão sabendo as respostas. Não que uma pessoa não possa hesitar, se questionar ou considerar necessário um ou outro segundo de reflexão na hora de escolher ingredientes chave – incluir ou não molho chipotle num sanduíche que já envolve carne processada de pernil pode ser sim considerado uma decisão de vida ou morte – mas é interessante que, para facilitar a vida de todos, a pessoa ingresse na fila tendo pelo menos um panorama geral dos seus interesses em termos de pão, recheio e saladas ou ao menos a convicção de que quer realmente o tipo de sanduíche comercializado ali, para que não aconteça como na semana passada em que eu fui até o Subway do Largo do Machado e uma garota na minha frente perguntou se eles serviam cachorro quente. Sério, eu não estou de sacanagem

Continuar lendo

23 Comentários

Arquivado em Crônicas, crise de meia meia idade, Desocupações, Gente bizarra