Arquivo da tag: da eterna privação do opinador absoluto

Sobre a obrigação de dar alguma opinião

caetano_veloso

Ainda que eu não seja daqueles que responsabilizam a internet pela dissolução da família, a violência nas ruas e a falta de assunto nas festas de reencontro de turmas (“ah, e eu fui pra Itália, sabia?” – “sei, eu vi seu álbum de 700 fotos, incluindo aquela empurrando a torre de pisa. assim, bem original”) eu considero que ela é uma das principais responsáveis por outro fenômeno perturbador e bastante típico da nossa era: o fato de que todos nós nos sentimos na obrigação de ter opiniões sobre tudo.

Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, Crônicas, revista em minas