Arquivo da tag: john cusack

Trecho número 67 de uma tentativa de teoria unificada das comédias românticas

John-Cusack-in-Say-Anythi-002De todos os conflitos lógicos que dominam o gênero das comédias românticas – estabilidade x novidade, liberdade x compromisso, aceitação x correção – poucos são mais complicados de solucionar racionalmente e geram mais dissociação em relação aos princípios do romance real e prático do que a dicotomia básica entre a definição do amor enquanto solução ou fim da jornada e a visão do romance enquanto processo ou conquista contínua, possivelmente as duas mais frequentemente apresentadas nesse contexto ficcional específico. Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em cinema, citações, Desocupações, referências, romantismo desperdiçado, teorias

8 Tópicos aleatórios que substituem a minha resenha de Hot Tub Time Machine

Quando você traduz “The Hangover” como “Se beber não case” e logo depois traduz “Hot Tub Time Machine” como “A ressaca” você gera um tipo de paradoxo lingüístico de tradução que permite que, de uma certa forma estranha, “A banheira máquina do tempo” possa ser traduzida para o inglês como “If you drink, don’t marry” sem problemas.

O conceito de uma banheira de hotel que, quando quebrada, faz com que as pessoas viajem no tempo é uma daquelas idéias que te fazem soltar um “meu deus, por que eu não pensei nisso antes?” e logo depois um “porra, mas se eu tivesse pensado, o que eu faria com isso?”

Toda comédia, seja do tipo que for, desde romântica até dramática, deveria ter a obrigação contratual de contar com pelos menos um ator/atriz que participou de forma proeminente de um dos seguintes filmes: Evil Dead, Caça Fantasmas ou Férias Frustradas.

Continuar lendo

17 Comentários

Arquivado em Movie Review