Arquivo da tag: opiniões

Sobre o porquê de eu não mencionar aqui no blog a minha opinião sobre o novo Homem-Aranha negro

Aviso: esse texto pode conter spoilers. Ou não. É um spoiler se eu avisar sobre os spoilers? Vamos refletir sobre isso.

Como vários de vocês devem ter ficado sabendo, seja pela mídia especializada, seja pelo twitter, seja por alguma matéria da Fox News dizendo que a Marvel é composta por um monte de judeus socialistas que querem destruir o ideal de vida americano, existe um novo Homem-Aranha nos quadrinhos e ele é negro. Na verdade latino afro-americano, se você quiser ser mais exato, e o nome dele é Miles Morales, um personagem ainda desconhecido e sobre o qual só vamos descobrir mais após o relançamento da revista do Homem-Aranha ultimate, o que deve acontecer nos próximos meses lá nos EUA.

Mas mesmo sendo o Homem-Aranha meu personagem preferido nos quadrinhos, o tema da representação racial nas HQs da Marvel e da DC um dos meus assuntos favoritos desde os tempos de faculdade e sendo eu um cara que segundo o censo faz parte de uma etnia minoritária (ainda que esquisitamente a moça do questionário parecesse mais interessada em levantar insinuações um tanto quanto levianas quanto ao fato de que eu divido apartamento com um outro homem que não tem laços de parentesco comigo) eu acabei, após uma profunda reflexão, decidindo que não, não vou tratar desse tema aqui no blog. Não porque eu não ache a discussão válida, não porque eu não tenha uma opinião intrincada, complexa, embasada e já devidamente formada sobre o tema, não porque eu não teria coragem de falar durante horas sobre coisas assim. Não, nada disso.

Continuar lendo

10 Comentários

Arquivado em Internet, Nerdices, quadrinhos, teorias

Sobre quadrinhos, perspectivas, histórias do Esquiador Escarlate e reboots da DC Comics

Acho que não é novidade pra nenhum de vocês aqui o fato de que eu gosto de quadrinhos. Afinal, eu faço referências freqüentes a personagens, eu costumo citar o Super-Homem mais vezes do que eu menciono meu irmão e possivelmente já argumentei mais de uma vez, de forma embasada, que é injusto que o cargo de “Lanterna Verde” não seja concursado, como todos os outros cargos policiais. Mas ainda que eu possivelmente pareça uma pessoa realmente interessada, empolgada e absorvida pelos quadrinhos de super-heróis, a verdade é que…bem…é muito pior. Sério mesmo.

Isso porque o que eu cito aqui quase sempre é apenas a ponta do iceberg e não retrata fielmente o nível de importância que os quadrinhos – majoritariamente os de super-heróis, ainda que eu leia diversos outros gêneros – tem na minha vida. Afinal, são praticamente vinte anos lendo diversos títulos mensais, conhecendo a fundo a cronologia de diversos personagens e editoras, me mantendo atualizado com os lançamentos que acontecem lá fora e fazendo parte de ambientes onde as pessoas realmente discutem até as vias de fato quem venceria numa luta entre Batman, Godzilla e Apollo Doutrinador, entre outras coisas. (por sinal, uma dica: sempre chute “Batman” em momentos assim)

Continuar lendo

29 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, crise de meia meia idade, Declaração de princípios, Nerdices, quadrinhos, referências, teorias