Arquivo da tag: reboot

Sobre o dia mais claro, a noite mais densa, super-heróis enquanto mitos de conforto e um Lanterna Verde gay

Eu sempre acreditei que os elementos mais importantes de todas as histórias de super-heróis eram as identidades secretas. E não apenas porque elas tornam narrativamente viáveis personagens que de outra maneira seriam quase assustadores – sem Clark Kent o Super-Homem é um alienígena que consegue ver por baixo da sua roupa, sem Bruce Wayne o Batman é uma lenda urbana que espanca pessoas com problemas mentais, sem Peter Parker o Homem-Aranha é um mascarado que se considera acima da lei e J.Jonah Jameson estava certo o tempo todo – mas também porque são elas que permitem ao leitor uma conexão, uma identificação, uma relação pessoal com aquele personagem.

Continuar lendo

14 Comentários

Arquivado em quadrinhos, referências, teorias, Vacilo

Sobre Flashpoint, soft reboot, robins estagiários e porque super-heróis deveriam ser coisa de criança

E então começou Flashpoint, mais um dos clássicos mega-eventos reunindo vários super-heróis e que prometia mudar tudo que nós sabíamos sobre os personagens da DC. Teríamos viagens no tempo, teríamos universos paralelos, teríamos o Flash Reverso zoando pesado e teríamos uma versão da família Marvel que não envolveria tigres e coelhos falantes, o que na minha opinião seria uma pena. Mas com o tempo descobrimos que, mais do que as mudanças padrão das mega-sagas americanas de verão (alguém morre, alguém muda de poderes, seis meses depois alguém volta da morte e volta a ter os mesmos poderes) Flashpoint iria marcar o fim do universo DC como nós – ou alguns de nós, ok – conhecíamos e o início de um novo universo que teria versões mais jovens, icônicas e desprovidas de cronologia mas cheias de gola alta daqueles mesmos antigos personagens. Em suma, teríamos um reboot. Continuar lendo

9 Comentários

Arquivado em é como as coisas são, homens trabalhando, quadrinhos, teorias

5 anotações para possíveis histórias do Aquaman

aquaman
# Terror no mar. Pânico nas águas. Uma invasão alienígena se aproxima e o primeiro a notar é Aquaman. Logo após conversar com seus amigos peixes, Aquaman convoca a Liga da Justiça. Enquanto Super-Homem enfrenta a frota alienígena nos céus, Mulher Maravilha e Flash combatem os vilões em terra e Batman usa suas habilidades como detetive para descobrir o ponto fraco dos invasores. Aquaman começa a se despedir dos peixes. Os alienígenas, após horas de batalha, conseguem derrotar a Mulher-Maravilha e aprisionar Flash, enquanto apenas Super-Homem resiste no campo de batalha e Batman começa a desconfiar que aqueles podem não ser alienígenas de verdade. Aquaman comenta com um salmão que as coisas não parecem estar indo bem. Batman descobre que os alienígenas na verdade eram andróides criados pelo maligno Dr. Ivo e com a ajuda do Super-Homem emite um pulso eletromagnético que desativa todos os robôs, salvando o planeta Terra. Flash é resgatado, todos voltam para a torre de vigilância, Aquaman comemora abraçando uma tainha. Continuar lendo

13 Comentários

Arquivado em contos, Ficção, quadrinhos, Sem Categoria

Sobre o reboot de Predadores que eu nunca vou escrever

predadores

“Viu o trailer de Predadores?”

“Vi…não me empolgou…e você, botou fé?”

“Achei fraco…fora que eu acho que eles foram pro lado errado, sabe? Essa coisa toda de espaço e tal. Perdeu o elemento humano da coisa, saca?”

“Como assim?”

“Pensa só…agora eles tão no espaço. Um planeta alienígena. Qual a graça então? Tipo, eles tão fodidos de qualquer maneira. O que eles vão fazer, matar todos os predadores e pegar um ônibus pra casa? Dominar o planeta? Roubar um avião com o Wesley Snipes dentro?”

“É, realmente…”

“Faltou o elemento humano, como eu disse. E pô, é muito fácil fazer uma trama melhor do que essa…”

“Tipo o que? Mais parecido com o primeiro?”

“Sei lá, nem precisa. Uma boa, olha. Começa com um Predador entrando num ônibus em Caxias, certo?”

Continuar lendo

17 Comentários

Arquivado em Desocupações, Mundo (Su)Real