Arquivo da tag: reveillon

Sobre reveillon, praia, abordagens, hipsters e rúgbi misto por equipes

Chega o final de ano, você recebe aquela proposta tentadora pra ir ver os fogos em Copacabana com seus amigos e várias coisas passam pela sua cabeça. “Vai estar muito lotado?”, “teremos pouco espaço?”, “verei multidões de pessoas de branco que em muito se assemelharão a figurantes do seriado Walking Dead?”, “possivelmente serei encoxado por pessoas estranhas como num imenso forró no modo shuffle?”, “terei que estar o tempo todo atento de forma quase neurótica aos meus pertences?”, “serei abduzido por uma raça alienígena superior?”.

Continuar lendo

22 Comentários

Arquivado em Declaração de princípios, Gente bizarra, Rio, romantismo desperdiçado, Vida Pessoal

Simpatias de ano novo

Para ter prosperidade: Chupe sete sementes de romã na noite de Réveillon, embrulhe todas num papel e guarde o pacotinho na carteira para ter dinheiro o ano inteiro.

Para trazer a pessoa amada: Pegue cinco ou oito rosas brancas, perfume de alfazema, fitas com as cores da harmonia (azul, amarelo, rosa, branco e verde), espelho, talco, sabonete e bijuterias. Forre uma cesta com celofane, amarre uma fita no cabo de uma flor e jogue um pouco de talco e de perfume por cima. Depois, coloque o espelho, o sabonete e as bijuterias na cesta e leve para o mar. Conte três ondas e, na quarta, ofereça a cesta à Iemanjá e a Oxum.

Para começar um incidente diplomático: Chupe sete sementes de romã, pegue cinco ou oito rosas brancas e hospede em alguma embaixada junto com o presidente eleito (ou não) de Honduras.

Como evitar acidentes de carro: Reflita durante dez minutos sobre o porque de apenas nessa época do ano as pessoas se ligarem de que romãs existem. Olhe pelo espelho retrovisor e tire seu carro detrás do carro do Barrichello, porque ele é foda. Vá para o boxe. Quando chegar lá note que o Schumacher voltou a correr. Evite a depressão posterior.

Como ser hostilizada na faculdade: Entre na faculdade chupando sete sementes de abacate enquanto usa um vestido rosa curtinho. Não pule ondas, senão a calcinha vai aparecer. Corra.

Para conseguir atenção feminina: Chupe sete rosas brancas, amarre um celofane e um espelho na cabeça, ofereça 500 reais pra Iemanjá e seja mocinho em uma temporada de Malhação.

Para curar assaduras: Forre uma cesta com fitas, amarre um telefone no cabo de um espelho e jogue no mar enquanto ninguém está olhando. Passe talco nas assaduras.

Para conseguir dinheiro: Tire as sementes de romã da carteira, junto com 50 reais e compre mais talco pra completar o que sobrou das assaduras. Venda o talco como se fosse droga. Veja os seus compradores ficarem doidões e começarem a pular ondas imaginárias pensando que estão em Copacabana quando na verdade estão no Morro do Macaco. Corra.

(A todos um ano novo repleto de felicidade, prosperidade, sucesso e outras coisas desse tipo. Feliz 2010, pessoal)

5 Comentários

Arquivado em Mundo (Su)Real, No News, Sem Categoria