Arquivo da tag: woody allen

Trecho número 67 de uma tentativa de teoria unificada das comédias românticas

John-Cusack-in-Say-Anythi-002De todos os conflitos lógicos que dominam o gênero das comédias românticas – estabilidade x novidade, liberdade x compromisso, aceitação x correção – poucos são mais complicados de solucionar racionalmente e geram mais dissociação em relação aos princípios do romance real e prático do que a dicotomia básica entre a definição do amor enquanto solução ou fim da jornada e a visão do romance enquanto processo ou conquista contínua, possivelmente as duas mais frequentemente apresentadas nesse contexto ficcional específico. Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em cinema, citações, Desocupações, referências, romantismo desperdiçado, teorias

Allenianas

“Amar é sofrer. Para evitar sofrimento, não se deve amar. Mas então se sofre por não amar. Sendo assim, amar é sofrer, não amar é sofrer, sofrer é sofrer. Estar feliz é amar, estar feliz então é sofrer, mas sofrer traz infelicidade, então para estar infeliz alguém deve amar, ou amar para sofrer ou sofrer por estar feliz demais- Espero que você esteja anotando tudo isso.”

Fala do tio Woody em “Love and Death”, de 1975, que eu assisti uma madrugada dessas. (A tradução está beeeem livre, porque eu estava caindo de sono…)

2 Comentários

Arquivado em citações